Atencin

Namastibet

     

, 11:27

China 2013 (4.500 km de bicicleta em 30 dias) de Xi'an a Bishkek (Kirguistan)

Publicado por namastibet  |  2 comentarios


Quinta-feira,25 Abril de 2013, Setbal- Portugal

Nasci em Grndola-Portugal, em 1961 a 3 de Julho, na vila que deu o mote para a cano da liberdade em Portugal, (Grndola Vila morena) no 25 de Abril de 1974,os meus pais trabalhavam no campo, nessa zona do pas de grande proprietrios tradicionalistas e baixos salrios, da terem migrado para uma cidade maior e nesse tempo, mais industrial, Setbal.
Comeou o meu pai, por trabalhar na montagem automvel, um pouco mais bem remunerada, mas que o obrigou a abraar a profisso de Barbeiro, por conta prpria num pequeno estabelecimento, (onde ainda hoje ainda trabalhamos, apesar deste ter 81 anos de juventude) revelou-se uma profisso mais compensatria para ambos que o trabalho sazonal no campo a que estava sujeito no Alentejo Portugus ou o trabalho de linha de montagem industrial e rotineira, apesar de tudo, a era mais bem pago, mas muito duro, tambm eu trabalhei na industria naval embora estudasse durante a noite, pensava tornar-me num cinzento advogado de divrcios e outras causas litigiosas.
Cedo surgiu em mim o gosto pela aventura e pelos grandes espaos e foi como uma bola de neve que fui travando conhecimento com aventureiros e escaladores assim como o primeiro escalador Portugus do Evereste, Joo Garcia com o qual conheci os Himalaia e os Andes Chilenos.
Durante os 13/14 dias em que percorri o GR 11 a p, desde Irun no parei de pensar na prxima aventura e pareceu-me apropriado que, se conseguia correr os 800 km e 40.000 metros de desnvel acumulado do GR 11, desde o Atlntico at Cap de Creus no Mediterraneo (apenas mais seis ou sete dias que o clebre Catalo Kilian Jonet, com metade da minha idade) como j tinha feito de bicicleta em sete dias o Caminho de Santigo Francs e cruzado em Burgette/Roncesvalles os Peregrinos que se dirigiam a santiago pelo que o mais apropriado seria cruzar de bicicleta, (por etapas tal como tinha feito estas duas travessias da pennsula Ibrica) toda a zona Continental contnua da China at ao extremo ocidental da Europa e ainda mais porque todo o fluxo histrico parecia vir desta direco, todo o comrcio no s da seda mas da sede de conhecimento humano.
Talvez fosse mais sensato descer toda a Amrica de bicicleta, com maior segurana, mas as cidades mais importantes estavam na Asia Central, Samarkand, Bukhara, Khiva, Urgench ou Merv e Portugal ou a Espanha tinham ditado o fim dessa rota milenar, nada mais apropriado que prestar homenagem as Caravanas e aventureiros que se haviam perdido nesses caminhos tal como Marco Polo e outros, sem registo nas histrias contadas junto das fogueiras dos acampamentos sob as estrelas que ainda hoje so as mesmas e que me serviro todavia de tetcto.
Ser a primeira vez, que irei percorrer um to grande nmero de quilmetros em to poucos dias, sou Portugus por nascimento e barbeiro de profisso, o tempo de descanso curto e dependo unicamente do meu trabalho,pelo que tenho de tirar partido do pouco tempo livre e fazer o mximo nesse espao de tempo, neste caso 4.500 em trinta dias, quase a distncia de Madrid a Moscovo num ms, ou seja, terei de percorrer 150 quilmetros por dia sem descanso durante esse espao de tempo.
Ser a primeira etapa de um plano ambicioso em que tenciono pedalar at ao extremo mais ocidental da Europa, o cabo Sardo nas praias de Portugal no Alentejo.
Comecei por pedir a aplicao do visto para a China no passaporte (disseram-me na agencia de viagens onde comprei o bilhete de avio que no seria necessrio visto para o Quirguisto) demorado e burocrtico foi este visto para a China,, fazendo-me sentir como seria difcil o percurso num dos maiores pases do mundo mas tambm um dos mais burocrticos.
As prximas fases sero o fazer listas o mais concisas possvel dos objectos a transportar, arrum-los e depois ir retirando tudo o que no for absolutamente necessrio a sobrevivncia diria, a roupa, parte os cales almofadados de ciclismo, ser comprada nos mercados locais para me parecer o mais possvel com os habitantes de cada regio (cada uma delas do tamanho de pases como a Frana a Espanha ou a Polnia)
Lembro-me, passados tantos anos de uma srie de televiso que me iluminava os olhos e a alma apesar de ainda ser a preto e branco. Ah, e aquela msica de Kitaro emocionava-me pela magia dos novos sons orientais,(The silk Road) Kitaro era o musico Japons que compunha a banda sonora e teve aquela musica a faculdade de um despertar para o oriente e para a mtica rota-da-seda, algo at ento longnquo como hoje ainda , as cidades chinesas e todas ao longo desta rota milenar modificaram-se entretanto mas espero ver um ultimo vestgio das imagens com que aprendi a conviver faz quase 40 anos, na serie televisiva que esperava semanalmente ver no minsculo ecr ,um aparelho ligado a uma bateria pois no possua electricidade em casa, isso eram coisas de meninos ricos e a minha casa era no campo, quase sem caminhos nem agua canalizada ou casa de banho como hoje dificilmente conseguem imaginar.
Lembro-me da inveja que tinha dos outros meninos da escola, falavam de ouvir msica num gira-discos e eu nem sabia o que isso era, agora no invejo os sedentrios dos meus colegas de turma, um deles bastante famoso, Jos Mourinho, mas com o qual, no trocava a liberdade suprema, de me perder na vastido do mundo.
Talvez por isso sinta mais afinidade com estas civilizaes do mundo do fim do mundo, do que com o acanhado ocidente, dito civilizado e homologado
H duas vias ou formas para alcanar o Ocidente vindo da China atravs do deserto do Taklamakan ou pelo norte via Turpan e Urumqui,ou junto a fronteira do Tibet por Golmud e yarkand, no corao do deserto de areia quente, ser esse, o meu percurso, o mais longe possvel dos autocarros de turistas que insistem em visitar a imponente muralha da China e em transformar as rotas da seda em mais um circo ou uma Disney, no fim do caminho Chines, estar uma cidade muito importante desta rota milenar, Kashgar onde confluem as varias vias para o ocidente e tambm o caminho Norte Sul para o Afeganisto e Paquisto que dava acesso a antiga cidade de karakorum na Monglia a norte do Altai, e que ainda d o nome a uma das mais altas passagens do mundo o karakorum pass.
Torugart pass ser um dos pontos histricos mais importantes desta primeira etapa por existe a um caravansary (local fortificado e refugio de caravanas durante a noite)em bom estado de conservao onde poderei sentir alguns restos da poderosa energia que levou os homens a caminhar para ocidente.
Tenho viagem marcada no fim do ms de Junho em Bishkek no Kirguisto, antiga repblica da Confederao Russa e um ms para pedalar entretanto,rumo a esse destino, comeando em Xian, bero da China actual no dia 30 de Maio de 2013.
Em 2014 Retomarei de Bishkek, o caminho at Istanbul atravs do Iro e do monte Ararat, o monte da fantstica arca de No e em 2015 cruzarei, se Deus quiser, Al ou Confcio a Europa at ao cabo mais ocidental, o cabo Sardo nas praias de Portugal.

Jorge Santos (namastibet@gmail.com)
http://namastibet.blogspot.com



Necesitas descargarte el Macromedia Flash Player


Comentarios sobre este Post
2 usuarios han realizado 2 comentarios
  • 2 - namastibet - 05/08/2013 - 16:40 - Informar de comentario ofensivo

    obrigado


  • 1 - ExploraMagazine - 22/04/2013 - 14:21 - Informar de comentario ofensivo

    Lo primero darte la enhorabuena por tu viaje. Desde aqu te invito a dar a conocer y compartir tu gran aventura a travs de exploramagazine.com No dudes en contactar con nosotros!! info@exploramagazine.com


Introduce tu comentario
Para introducir un comentario debes identificarte en Barrabes.com. Haz clic aqu para identificarte
Sobre este Blog
Blog creado por namastibet el 13/09/2012

A ROTA DA SEDA A ideia em seguir de bicicleta a rota mercantil primordial da humanidade, tinha-se adaptado imaginao, durante anos como uma lapa ou um crustceo nas rochas, Jo (o Transhumante) pensou ser chegado o momento de partir....


Archivo

ltimos Posts